Blockbusters

Os melhores filmes e séries estão aqui

Um médico nos ajuda a entender melhor A Sociedade da Neve, o filme fenômeno da Netflix

Cinquenta e um anos após a tragédia nos Andes, o diretor Juan Antonio Bayona conta a história novamente em A Sociedade da Neve. Por uma questão de realismo, o filme foi feito com a ajuda dos dezesseis sobreviventes. Em centenas de horas de entrevistas gravadas, eles compartilharam suas memórias para garantir que o filme fosse o mais preciso possível.

Certos eventos do filme levantam muitas questões, algumas delas médicas. Para encontrar respostas, o site AlloCiné – irmão francês do AdoroCinema – entrou em contato com um especialista, Waël Houhou, um médico de emergência e cofundador da Soins Rando Survie, uma empresa que oferece treinamento médico para aventureiros e sobreviventes.

Quanto tempo é possível viver sem comer?

Dr. Waël Houhou: Podemos ficar três semanas sem comer e três dias sem beber. Depois de dez dias, dependendo de nossas reservas corporais, o corpo fará a autodigestão. Em outras palavras, vamos digerir o que é menos importante para garantir a sobrevivência do que é mais essencial para nós. Atacaremos o açúcar, a gordura e depois tudo o que for muscular. Isso é chamado de perda de massa muscular. As pessoas que sofrem de desnutrição não têm mais gordura, nem músculo, porque o corpo digere o músculo para alimentar os órgãos principais, ou seja, o coração e o cérebro.

Se isso continuar, há casos de autofagia extrema. O corpo digerirá seus próprios órgãos não essenciais em curto prazo. Por exemplo, o fígado ou o pâncreas podem ser devorados para continuar alimentando o cérebro, que é o principal órgão do corpo.

Você perde peso mais rápido no frio?

Dr. Waël Houhou: Sim, existe algo chamado homeostase corporal. Nossas proteínas têm temperaturas ideais para funcionar adequadamente. O corpo humano está entre 36 e 38 graus. Portanto, seja qual for o ambiente, nosso corpo deve permanecer na mesma temperatura.

Na hipotermia, o corpo precisa permanecer na temperatura ambiente. É aí que entra o tremor. O tremor é uma contração muscular involuntária e repetida que gasta muitas calorias. O tremor esgota nossas reservas de energia, então quebramos nossas células e proteínas para manter o tremor. Como isso requer energia, imediatamente recorremos às nossas reservas de gordura.

A que temperatura você pode morrer de frio?

Dr. Waël Houhou: Quando o corpo está abaixo de 28 graus. Entre 32 e 28 graus, não temos mais a energia ou as conexões necessárias com nossos músculos, então paramos de tremer. Abaixo de 28 graus, entramos em parada cardíaca. A partir de 32 graus, o corpo fica parado. Respiramos mais lentamente, tudo fica mais lento. A frequência cardíaca cai para menos de 60 batimentos por minuto e respiramos uma vez a cada 6 ou 7 segundos. Há um nome para isso: bradicardia. Em seguida, você entra em coma e sofre uma parada cardíaca.

No final das contas, não importa qual é a temperatura externa. O que conta não é a temperatura, mas a concentração do ambiente. Na água, por exemplo, há muitas partículas, portanto, estaremos em contato mais próximo com o frio. Costumamos usar o exemplo do Titanic. Cinco minutos na água a 5 graus podem ser muito mais dramáticos do que cinco horas ao ar livre a zero grau.

Por que a urina fica marrom no filme?

Dr. Waël Houhou: A urina fica cada vez mais concentrada quando há um caso de desidratação. A urina é a maneira de os rins filtrarem o sangue. O sangue passa continuamente pelo rim. Quando você está desidratado, o rim acha que precisa reter o máximo de água possível, portanto, produz muito pouca urina, mas o corpo ainda produz resíduos, principalmente ureia e bilirrubina, que são produtos de decomposição do sangue.

Os glóbulos vermelhos têm uma vida útil de 100 dias e, quando morrem, são produtos residuais que o corpo precisa expelir. É por isso que a urina é amarela. Portanto, quando você não bebe, ainda precisa extrair esses resíduos, e é por isso que a urina se torna mais concentrada e pode ter uma cor mais escura.

Giovanni Rodrigues | AdoroCinema